Cartão de Crédito Mercado Livre – Quais Cuidados Tomar?

Cartão de Crédito Mercado Livre – Quais Cuidados Tomar?

Muitas pessoas conhecem o Mercado Livre como uma plataforma online de compra e venda, que conecta pessoas em todo o Brasil. Por meio dela, é possível que qualquer indivíduo anuncie e parcele um produto, facilitando o comércio online. O Mercado Livre está presente em 19 países, como Chile, Colômbia, Argentina, Brasil, Costa Rica, Equador, Honduras, dentre outros. E, devido à esta extensão e popularidade, hoje a plataforma se caracteriza como o e-commerce mais popular da América Latina.

Porém, apesar do que muitos pensam, o Mercado Livre não é apenas um e-commerce. Esta empresa oferece também um cartão de crédito, para facilitas os trâmites financeiros dentro e fora da plataforma. O cartão de crédito Mercado Livre não possui custos de anuidade ou de renovação, proporciona o parcelamento em até 15 vezes de compras no próprio e-commerce e ainda pode ser solicitado pela internet, sem complicações.

Estes diversos benefícios do cartão Mercado Livre, porém, podem também trazer malefícios aos clientes. Esta ferramenta trás uma facilidade muito grande ao processo de obtenção de crédito e compras nesta modalidade, o que cria um ambiente propício para o endividamento. Logo, é preciso ter extremo cuidado ao solicitar a utilizar o cartão de crédito Mercado Livre, pois o emitente deste plástico, o Banco Itaucard, cobra juros e tarifas caso o cliente entre em atraso no pagamento da fatura.

Evitando o endividamento com o cartão de crédito Mercado Livre

O cartão de crédito Mercado Livre é emitido pelo Banco Itaucard. Logo, apesar deste ser um cartão que aparentemente é mais benéfico para os usuários, deve-se sempre ter em mente que ele é de um banco tradicional, e por isso cobra juros e tarifas da mesma forma que os restantes. Os juros do rotativo do cartão de crédito Mercado Livre chegam a quase 10% por mês, sendo maiores do que os do Banco do Brasil e também do Itaú Unibanco.

Ainda, este cartão de crédito também possui cobranças relativas à emissão da 2ª via de comprovante e documentos, ao saque no exterior e no país, a avaliação emergencial de crédito, ao serviço de SMS e também à emissão da 2ª via do cartão de crédito. Logo, além de ser submetido à cobrança dos juros do rotativo, caso o usuário não realize o pagamento integral da fatura, ele também pode ter que arcar com custos de alguns serviços, caso os utilizem.

Conheça o cartão de crédito Mercado Livre

Desta forma, é preciso que o cliente do cartão de crédito Mercado Livre tenha muito cuidado ao utilizar esta ferramenta. Mesmo que ela proporcione um prazo de parcelamento maior nas compras pela plataforma, não deve-se utilizar o limite do cartão excessivamente. É indicado que, caso tenha outro cartão de crédito, use o cartão Mercado Livre apenas para compras no e-commerce. Logo, isso evita que sejam acumulados muitos gastos na fatura.

Outra questão que deve ser percebida com muito cuidado é o saque no crédito. Ao sacar dinheiro na função crédito, você estará realizando um empréstimo, e também irá arcar com os juros do rotativo, além do valor da tarifa do saque. Então, na próxima fatura, irá pagar o valor sacado acrescido do rotativo e tarifa pela manutenção do serviço, cobrada pelo banco.

Logo, é recomendado que não utilize-se o saque no crédito, visto que este é um serviço extremamente custoso para o cliente. É recomendado que, caso precise de dinheiro imediatamente, seja solicitado um empréstimo pessoal ou mesmo uma quantia emprestada a família e amigos. 

É imprescindível que o brasileiro evite aumentar ainda mais a estatística relativa à inadimplência no país. Em 2019, o número de pessoas inadimplentes chegou em 63,2 milhões, o que representa 40,4% dos adultos no país. Isso representa 2 milhões de pessoas a mais que em 2018, um aumento de 3,3%.

E, segundo o órgão de restrição de crédito Serasa, 28,6% das dívidas e das pessoas inadimplentes referem-se aos cartões de crédito. Ainda, Roraima é o estado brasileiro que mais apresenta pessoas adultas endividadas, sendo o índice desta região 59,87%. Em seguida, está o Amapá e o Amazonas, também com mais da metade da população endividada. Isto demonstra que o cartão de crédito realmente é uma ferramenta perigosa, caso não seja utilizada sem o cuidado necessário.

O que o cartão de crédito Mercado Livre oferece?

O cartão de crédito Mercado Livre, emitido pelo Banco Itaucard, não possui anuidade ou custo de obtenção. Logo, o cliente, caso utilize bem a ferramenta, não possui custos altos adicionais. Ainda, como grande vantagem, este cartão oferece aos seus usuários a possibilidade de parcelar suas compras no e-commerce em até 15 vezes. Assim, isso facilita a obtenção dos produtos com maior valor agregado.

Ademais, os clientes do cartão de crédito Mercado Livre podem receber de volta até 10% do valor das compras, caso elas sejam feitas nas Lojas Oficiais do Mercado Livre. Este benefício é aplicável em todas as compras a partir de R$ 100,00, e o limite de reembolso por compra é R$ 50,00.

Para controlar o seu cartão de crédito, o app Cartão Mercado Livre está disponível. Por meio dele, é possível consultar o limite disponível, revisar os vencimentos, gerar código de barras para pagamento das faturas e controlar todas as outras questões relativas ao seu cartão.

Além dos benefícios do próprio cartão, os usuários também contam com os benefícios do Itaucard Visa Gold. São eles descontos e promoções, como cinemas com 50% de desconto, 20% de desconto na Nespresso, Havanna com 20% de decrescimento nas compras da loja, Atlântica Hotels com até 30% de desconto, Magazine Luiza com até 10% de desconto e Conect Car com isenção de mensalidade por 3 meses e 3 adesivos grátis. Ainda há diversas outras vantagens, e pode-se conhecê-la no App Itaucard, selecionando “Serviços” e “Parcerias & benefícios”.

Utilizando o cartão de crédito Mercado Livre, o cliente também tem a certeza de que sempre irá pagar o menor preço em serviços e produtos, ou receber a diferença de volta. Porém, é preciso consultar o regulamento e os limites para usar tal serviço.

Emanuel Gonçalves

Emanuel Gonçalves é Fundador do blog SOS Dividas, especialista com mais de 20 anos no mercado como consultor financeiro, também Autor do Ebook " Como Negociar Dívidas" que vem ajudando milhares de Brasileiros a saírem do vermelho e reestrutura sua vida financeira.

Os comentários estão fechados.
WhatsApp chat