Como o Cartão de Crédito Pré Pago Ajuda na Educação Financeira

Como o Cartão de Crédito Pré Pago Ajuda na Educação Financeira

Um dos grandes fatores que estimulam o endividamento dos consumidores é sem dúvida nenhuma o uso indiscriminado do cartão de crédito.

Muitas pessoas têm dois, três, até cinco cartões das bandeiras mais tradicionais e conhecidas do mercado e ainda possuem os cartões de crédito personalizados das lojas e grandes magazines.

As estatísticas mostram que metade de nossa população age por impulso, não fazem orçamento e vivem comprando além de suas verdadeiras capacidades financeiras, esses consumidores, são candidatos já eleitos ao endividamento onde fatalmente acabam estourando todos os cartões passando assim por um longo e sofrido período de recuperação orçamentária.

CARTÃO PRÉ PAGO

O cartão de crédito é um mal necessário, tudo pela internet se consome através dele e quando você não dispõe fica desesperado pelas dificuldades encontradas no dia a dia.

A alternativa que o mercado encontrou e vem crescendo bastante, são os chamados cartões de crédito pré-pagos.

Temos vários exemplos de clientes em nossa consultoria que passaram a usar o cartão pré-pago, se recuperaram do processo de endividamento e não querem mais usar o cartão de crédito tradicional, preferem continuar apenas com a opção do pré-pago, porque se habituaram a manter um orçamento dentro da realidade de acordo com sua capacidade financeira, ou seja, utilizam exatamente o dinheiro que tem disponível.

A BARREIRA DO SCORE

Acontece também o seguinte, muitos consumidores que já tiveram um ou mais cartões, encontram na baixa pontuação do SCORE a grande dificuldade para novo acesso ao crédito e assim, resolvem também aderir aos cartões pré-pagos.

O ideal mesmo seria que a maioria dos consumidores tivessem o equilíbrio orçamentário suficiente, mesmo em condições de crédito positivo para possuir os cartões tradicionais, comparassem qual a melhor opção em termos de custos como taxas, anuidades e outras despesas que passam despercebido quando o crédito disponível oferece as facilidades de consumo.

A EDUCAÇÃO FINANCEIRA

Costumo sempre repetir que, enquanto nas escolas, em todos os estágios, ou seja, no ensino fundamental, médio e até no ensino superior, não for implantado como conteúdo educacional a matéria Educação Financeira, não vamos mudar este quadro e o prejuízo é para todos os segmentos produtivos da sociedade.

Quando você vive descontrolado pagando juros excessivos, deixa de usar aquele dinheiro para o consumo de bens e produtos onde um percentual significativo de sua renda é direcionado para pagar JUROS e beneficia tão somente sistema o financeiro, o capital especulativo em detrimento ao capital produtivo.

Enquanto a Educação Financeira não chegar na formação do cidadão, possibilidade muito longe de acontecer, o consumidor, até por necessidade, procura utilizar as opções que o mercado oferece, nesse caso, o cartão de crédito pré-pago tem sido uma delas.

Por

Emanuel Gonçalves da Silva

Consultor de Dívidas e Escritor

Emanuel Gonçalves

Emanuel Gonçalves é Fundador do blog SOS Dividas, especialista com mais de 20 anos no mercado como consultor financeiro, também Autor do Ebook " Como Negociar Dívidas" que vem ajudando milhares de Brasileiros a saírem do vermelho e reestrutura sua vida financeira.

Os comentários estão fechados.
WhatsApp chat